24.11.04

Acordei!


Acordei!
Sinto desejos de ti na minha carne,
Saudades dos teus abraços
Nos meus braços,
Saudades do teu corpo

Na orla dos meus cabelos
Dos teus dedos gestos ternos,
Nos meus, beijos que guardo
Nos meus olhos e recordo
Quando só; saudades de ti já tenho

Ondas de desejo acendeste
Na minha pele
No meu ventre te deitaste, e sonhos povoaste
Com luxúrias insofridas.

Vem,
Queda-te em mim
Como um repouso, um bálsamo

E deixa-me ser eu em ti,
O abrigo!

( versão 2004 de um escrito antigo )

1 comentário:

Yurei disse...

Que lindo Th.
Um bji da Yurei-sempre-fã