30.6.05

Pensei

Nos Amores e na Vida
Não me assusta a morte
Mas a lenta agonia!
Viver desapaixonada
É meia morte,
É dor maior que o sofrimento.
É andar às cegas, sentindo a escuridão.
Antes a intempérie a fustigar a pele!
Antes o não sentir já..
O fim!

8 comentários:

Carlos Gil disse...

Triste. Bonito mas muito triste, portanto só 50% de acordo com a dona do blogue...
? qui pása, guapa?

IO disse...

'Viver desapaixonada', não é contigo, eu sei, mulher com garra!! - beijo, IO.

Anónimo disse...

OLA TH. ES UMA BELEZA.MAS DAS RARAS
TRANSMITES UMA SENSIBILIDADE INCRIVEL. O TEU BOM GOSTO É INVEJAVEL. CONTINUA POIS EU PARTILHO TUDO QUE VEM DO TEU RICO E FELIZ RACIOCINIO.
- A TUDO QUANTO ME PEDES
- PORQUE OBEDEÇO, NÃO SEI
- VES, QUIZESTE QUE CANTASSE
- PUS-ME A CANTAR E CHOREI -A.Botto
(josemanuelbastos)

Mocho Falante disse...

Viver desapaixonado não poderá ser meia morte queria Theo, porque pior do que estar desapaixonado é não estar nada, é o desamor, o estar desapaixonado é a energia que precisamos para nos apaixonarmos de novo e recomeçarmos o ciclo de vida!!!!!

Força Theo, que o amor esteja sempre nesse belo coração, nem que adormecido por vezes, mas sempre lá pronto a saltar

Uma beijoca ternurente do mocho

Anónimo disse...

BEIJOKAS E FORÇA PARA O TEU TRABALHO JA QUE HOJE É DIA TRIPLO

ATE SEMPRE

(ISMAEL / PORTO )

Anónimo disse...

Quem pensa, sente e se expressa assim, está bem viva. Com simpatia e muito grata. Sh

Anónimo disse...

Quem pensa, sente e se expressa assim, está bem viva. Com simpatia e muito grata. Sh

shangana disse...

Quem pensa, sente e se expressa assim, está bem viva. Com simpatia e muito grata. Sh