22.2.05

Rebuçados Victória

Vinham nos rebuçados Victória, em papel fininho e nós coleccionavamos.

Aí vão alguns documentos “raríssimos” sobre os Rebuçados Victória, incluindo
a propaganda de lançamento do novo Concurso HISTÓRICO ; neste caso, como o
papel era do melhor, consegue-se ver à transparência o anúncio dos prémios
que eram principalmente máquinas de costura Oliva, marca “falecida” recentemente
Ambos foram desenhados por mim*, assim como outro com jogadores de futebol.
Os difíceis do Zoológico eram o bacalhau-42, o cabrito e a cobaia-147. Ao lado
do Cabrito vai também o Peixe-Voador, devidamente assinado, o que na época (há
mais de 40 anos) era difícil de conseguir …


* Carlos Biel

12 comentários:

Anónimo disse...

O que a gente penava atrás do bacalhau... Ainda hoje na família usamos a expressão´"É mais difícil de encontrar que o bacalhau!"

a. almeida disse...

Boas.
Há dias adquiri uma caderneta completa. infelizmente não tem a capa. será que alguém tem uma caderneta vazia que possa vender ?

A. Almeida disse...

Boas.
Quero agradecer ao Biel, o ter-me contactado. Foi um prazer conhecer um dos criadores das colecções dos Rebuçados Victória.
Já agora, dando continuidade ao assunto, gostaria de saber um pouco mais sobre o tema.
Quem poder ajudar...

Anónimo disse...

Fico muito feliz por encontrar nesta imensidão sibernautica alguém que se calhar pode ajudar-me; tenho umfamiliar, descendente dos donos da fábrica de rebuçados victoria, em que o seu sonhos era ter uma latinha desses rebuçados, ou pelo menos uma foto. Se me souberem indicar alguém que me desse pelo menos 1 pista, ficaria imensamente grata. Luisa Ferreira (mariamar@aeiou.pt)

Paulo Ferreira disse...

Estou a fazer um trabalho para o site www.misteriojuvenil.com e um documentário vídeo acerca da Fábrica Victória e as suas colecções. Procuro pessoas que se lembrem ou estivessem ligadas a esta fábrica para registar os seus depoimentos. o meu contacto é reporterpf@clix.pt ou podem visitar no site www.pauloferreira.tv

rosamaria disse...

tenho 1 caderneta completa. era um entusiasmo danado para a conseguir encher mas quando consegui resolvi guarda-la para mais tarde recordar.
***
1 tostao de rebuçados de bichinhos era o q eu comprava naquela altura, acho q 4 rebuçados...
***
slogan da fábrica:
"Victoria vence porque cumpre o que promete!"
***
e a farinha 33, alguem se lembra?
outros tempos!!!
abraço a todos
rosamaria
espinho

Anónimo disse...

Gostaria de ter o contacto do Sr Carlos Biel para falarmos sobre este concurso. O meu contacto é:
amildias@netcabo.pt ou amildias@hotmail.com e telemovel nº 917825849.
Cumprimentos
Amil Dias

bettips disse...

Pois...eu tinha lido! que belo, muitos parabéns a vós, gente de tão subtis lembranças. Eu andei (e ando sempre - até fui numa visita guiada por eles à Cordoaria e Palácio há 2 anos) pelo "dias com árvores" mas não sou a MDLR, sou uma simples visitante e curiosa/amante da Natureza. Um abraço

bettips disse...

Isto foi escrito depois de ver a tua mensagem hoje, 27.1.10. Sempre gosto de encorajar pessoas que acho espalham coisas boas... Fica bem!

Cristina disse...

O meu bisavô, Manuel Joaquim Dias, foi o fundador e autor dos rebuçados vitória em 1924. O meu avô, Manuel Amil Dias foi sócio e gerente a partir de 1947. Gostava de escrever um artigo sobre os rebuçados, peço a quem tiver informações que me contacte, por favor. Obrigada.

th disse...

Posso pedir ao Carlos Biel, que fez alguns dos desenhos para a caderneta, para a contactar.
Mas para isso preciso de um contacto seu, não consigo aceder ao seu perfil.
Mesmo nestes comentários pode ter algumas dicas...
th

cristina amil disse...

th: ac_amil (at) hotmail.com

Obrigada pela disponibilidade.