6.10.05

Atrasos de Vida

Se há coisa que me deixa positivamente fora de mim é a estupidez!
Quando aliada á prepotência é como se fosse ao quadrado, no mínimo.
Quando se trata de pura embirração já é ao cubo.
Mas pior ainda é quando a acrescentar a estas "qualidades" temos a maldade de quem é positivamente inferior.
Aqui a potência aumenta assustadoramente.
E disto tudo fazem culto.
Temos o chamado...(e aqui tinha um palavrão de arrepiar...por isso vou à procura dum significado, se houver!) *********(inventem vocês, como lhes der mais gozo), falhado? mas se eles até têm poder! vá lá...atrasado mental , inepto...e dizer assim é ás vezes a única forma de expurgar o mal.
O dano feito aos outros está numa proporção directa…quanto mais “mentecapto” mais dano…
Infelizmente tenho encontrado alguns pelo caminho, mas estar numa posição subalterna, por muito que uma pessoa barafuste e defenda o seu ponto de vista, é como “marrar” contra a parede.
Daí que a solução seja passar por cima e ter aquele olhar de quem pensa e É superior.
Tudo isto porque usar a Internet duma empresa não parece ser, para algumas pessoas, “uma boa ideia”, mesmo que o PC seja textualmente um PC.
Não me conseguiram explicar mais nada, se calhar porque não há explicação capaz de convencer quem quer que seja.
E assim vai o mundo numa terrinha onde se deseja um choque tecnológico, onde as crianças já nascem, não de dedo na boca, mas de dedos no teclado… e alguns ficam a chuchar no dedo. A ignorância é tal que mete medo; até parece que a Net é privilégio dos iluminados, pensam eles…
Foi um desabafo, já tenho aqui dito alguns, e como a vingança se serve fria, dizem, estou a pensar numa maneira de fazer sentir que a “faca e o queijo” que têm na mão lhes pode servir de pouco quando a inteligência supera a mediocridade.
Pena é que este País tenha em postos lá em cima, com “faca e queijo” nas mãos, pessoas como estas e façam dele uma terra de “atrasados de toda a ordem”!
Desabafei!

6 comentários:

adesenhar disse...

oportuno o teu desabafo :)
nunca é demais lembrar as manobras premeditadas para que a ignorância
continue a ser o prato do dia num país
à beira de um choque tecnológico!!! só se for de nome!!, porque com um serviço de NET mais caro 62% que o resto da europa, telefone fixo idem...
Lembro-me de um formador em determinada aula de informática, ter dito o seguinte: Informação é ouro
e quem tem informação é rico.
adapta-se bem ao velhinho provérbio
que ... em terra de cegos, quem tem olho é rei.

está tudo interligado.
os boicotes ao acesso à informação
são evidentes no nosso país.
a politica sobre a informação é um desastre concentido e mais grave premeditado, como é evidente.
se o povo começa a ter acesso à informação, aumenta-se o preço para valores exagerados e fecha-se a torneira do conhecimento e a luz ao fundo do túnel onde se encontra a informação para uma vida melhor.
o jogo do Monopólio não é para todos
só para os mais bafejados pela sorte
ou quem tem poder de compra.
o povo é sereno!
o povo é ignorante!
e assim está bem ( pensam eles )

a informação é a riqueza de um povo..

neste momento é assustadora a ignorância neste país.

"atrasos de Vida"
até quando!!!!!!!

:|

Bastet disse...

No meio deste calor abafado sabe bem um desabafo porque a verdade é que o clima opressivo não é só o atmosférico neste nosso País. É o aproximarem-se umas eleições em que valha-me Deus não sei sequer em quem hei-de votar porque sei que o voto será mau onde quer que ele seja, é o desinteresse cada vez maior por tudo o que nos rodeia, porque estamos todos fartos, de aldrabões, de corrupção, de maldade, de vivermos em sítios descuidados e feios, de trabalharmos a medo de perder o emprego, de levantarmos a voz porque nunca se sabe quem nos ouve... Onde está a liberdade e a democracia? Os princípios éticos e morais? Onde estão os objectivos, a gestão, os meios? Onde está a gente de valor deste nosso País que já nem arrisca tomar os destinos nas mãos porque nada se pode contra este sistema podre, todo ele de compadrios e de umbiguistas de merda que só se querem encher à custa de todos nós...
Desculpa th, foi só mais um desabafo...

Anónimo disse...

Em primeiro lugar, parabéns pelo blog, de tão bom gosto que se parece com o meu www.fadocravo.blogspot.com
As nossas idades também não andam longe, pois não.
Acerca da informação, gostaria de chamar a atenção para o facto de a informação a mais poder redundar em desinformação; melhor explicando, mesmo quem tem acesso à Net, nem sempre anda bem informado porque a informação está dispersa e muitas coisas importantes nos passam ao lado, por exemplo, este blog que só hoje descobri...
A informação é, de facto, muito importante, mas mais importante me parece saber escolher, de toda a informação disponível, a que é verdadeiramente importante .
O resto é pequenez mental e um grande cuidado orçamental...

MLeiria disse...

Muito obrigada pela resposta, no meu blog. O facto de ser tripeira, creio não pesar muito no seu menor apreço pelo fado... que me lembre de repente,temos, entre outras, uma grande fadista - a Beatriz da Conceição, Bia, para os amigos - que é natural do Porto e até nunca perdeu o sotaque... Eu acho que é mesmo uma questão de sensibilidade musical; há géneros que gostamos mais, outros menos.
E, sim, é verdade, a Berta Cardoso actuou durante mais de 20 anos na Viela, na Rua das Taipas, casa de fados que muita gente pensava até que era dela, mas não era; o dono era o Sérgio, que também cantava. Passaram pela Viela os maiores nomes do fado e era, para os cultores, "O último reduto do Fado".
Era lá que, a desoras, depois de todos os espectáculos terem acabado, se juntavam vários artistas que iam beber o último copo e ouvir o fado na voz de Berta Cardoso "A voz de oiro do fado".
Um abraço
MLeiria

Júlia disse...

eu não gosto de fado,mas gostei de visitar o seu blogue.

bem querer da Júlia, que às vezes tem 100 anos e outras tem apenas 13.

Mocho Falante disse...

Pois não há nada melhor do que expulsar o que nos amarga a alma, e Deus nos livre de ficar com estas coisas dentro de nós....


E viva a liberdade de expressão e claro....o choque tecnológico

beijocas