25.7.05

Última


Adozinda pediu-me para lhes dizer que encontrou o gato “Pão-de-ló”.
Ontem, ao chegar a casa, reparou que lhe faltava uma garrafa de bom vinho para um jantar muito especial com Adalberto e como estava já longe do super foi mesmo a uma tasquinha que se encontrava a caminho de casa e qual não é o seu espanto um gato, amarelo, saltou duma prateleira e veio ter com ela naquele roçar em oito seu bem conhecido. Ao princípio ficou sem saber o que fazer, mas depois decidiu pelo “roubo” do bichano antes que o taberneiro viesse lá dos fundos atende-la. Deu-lhe um banho, escovou-o e deu-lhe um jantar requintado de uma lata.
Ah, Adalberto pediu-a em casamento…ela vai pensar se de facto é isso que quer, são muitos anos a viver sozinha…

1 comentário:

Sh disse...

Oh Th, num dia como hoje, em que estou com nariz de proboscídeo, a volta do "Pão de Ló" deixou-me soltar o tal sorriso... Obrigada Amiga!