3.4.08

GÓTICOS!



A Margarida Ricado mandou-me este email e eu não resisto a transcrevê-lo para aqui...pasmem, ou não...

Dani Graves, de 25 anos, e Tasha Maltby, de 19, são um casal de namorados gótico de Dewsbury, norte de Inglaterra. No passado fim-de-semana foram impedidos de viajar num autocarro porque Dani passeia a sua namorada de trela.A BBC News conta que o casal acusa a transportadora Arriva de discriminação. O condutor do autocarro rejeitou a entrada de Dani e Tasha, alegando que a trela iria por em risco a segurança dos restantes passageiros em caso de travagem brusca.O caso está a ser investigado pela Arriva, empresa «que leva muito a sério qualquer acusação de discriminação», segundo um responsável da empresa, Paul Adcock.Adcock acrescentou que a Arriva irá «pedir desculpa a Dani Graves por algum inconveniente causado pela forma como o assunto foi tratado».Para Tasha Maltby, este foi um caso «claro de discriminação, quase como um crime de ódio», contou ao Daily Mail.A jovem de 19 anos descreve-se como um «animal de estimação humano».«Comporto-me como um animal e tenho uma vida bastante calma. Não cozinho nem faço limpezas e não vou a lado nenhum sem o Dani», explicou.Tasha defende o seu estilo de vida acrescentando que «não fere ninguém» e que o casal é feliz assim, independentemente de quão estranha esta relação pareça.

3 comentários:

Carlos Gil disse...

eheheheheh

Vampira disse...

Ontem, em plena luz do dia, um casal "normal" que se encontrava a poucos metros de mim, discutiam. No meio da gritaria "normal", consegui ouvir, bem alto e de forma explícita, por parte do ser masculino "normal", as seguintes palavras: "Estás armada em quê? Levas já uma cabeçada que te F***".. Isto dirigido à sua companheira normal.
Ora, eu como gótica, com um marido gótico, nunca, em tantos anos de "anormalidade" nos tratamos assim, talvez porque somos bem formados apesar do nosso visual "anormal" ou talvez as pessoas, na generalidade, sejam pequeninas de mente. Aquele casal "Normal" não precisava de coleira e trela, já que estas estavam bem patentes nos seus actos de dominação/submissão, no país onde muita mulher usa trela e coleira e olhos negros mas que não são de maquilhagem...

th disse...

Minha cara Vampira, cada um vive como quer e lhe dá prazer (?)...
detesto ver gente "domada", seja ela negra, criança ou mulher...para quem, como eu, que sou visceralmente "livre", (quem o é?)há situações que mexem com a minha pessoa, daí o post...
Fique bem...sempre, th